O Canto Orfeônico no Brasil

canto orfeônico no brasil - educação básica

O que é o como aconteceu o canto orfênico no Brasil?

Canto orfeônico é um tipo de prática de canto coletivo amador, tendo esse nome em homenagem a Orfeu, deus da mitologia grega, que encantava e amansava as feras com sua música.

A ORIGEM

canto orfeônico brasil

O canto orfeônico tem sua origem apontada no início do século XIX, sendo associado com a criação da primeira sociedade coral chamada Orphéon em 1831 na França. Inicialmente o canto orfeônico teve sua finalidade à “civilização”dos costumes e lazer, tanto nas escolas como para operários e forças armadas, na França e posteriormente sendo usado também na Espanha, sem seguida, passou a ser utilizado em outros setores sociais. Desta forma, o Orphéon tornou-se não apenas uma prática, mas também uma organização para disciplinar através do canto amador.

A escolha da educação do canto, em comparação com a educação dos instrumentos musicais nas escolas, deve-se ao fato de que esta prática não requer vários dispositivos extras, além de nossa voz. Este evento contribuiu e popularizou a educação do canto orfônico.

Além da função de disciplina e construção de costumes, foi atribuído ao canto orfeônico um importante papel como ferramenta para auxiliar na construção de identidade da pátria, algo que vários países europeus buscavam no fim do século XIX e século XX, assim a prática do canto orfeônico foi uma forma de reforçar o nacionalismo em vários países, incluindo o Brasil.

O CANTO ORFEÔNICO NO BRASIL

O canto coral, embora semelhante ao canto coral, foi ajustado à iniciativa das multidões, pois não era essencial para seus membros ter um conhecimento profundo da técnica e da teoria musical, como era a situação do coro clássico.

Com base nesta hipótese, a prática do canto orfônico, já em uso no continente europeu a partir do século XIX, foi adotada como uma probabilidade plausível de aplicação nas escolas brasileiras.

O projeto orfeônico foi desenvolvido no Brasil por Heitor Villa-Lobos, adotado oficialmente na educação pública no Brasil, primeiro no Distrito Federal em 1932 e depois em todo o país.

Villa-Lobos estava empenhada em tornar obrigatório o canto orfeônico no ensino fundamental no Brasil, além de promover algumas concentrações orfeônicas, que eram apresentações vocais compostas por um grande grupo de estudantes de diferentes níveis.

canto orfeônico educação básica brasil - villa-lobos

E assim a popularidade dos shows de Villa-Lobos se espalhou por todo o país, pelo mundo! Estrangeiros afluíram ao Brasil para assistir aos enormes concertos orfeônicos do músico. Foi realmente comovente, como um mar de crianças – 40.000 crianças! – cantando com perfeita disciplina e entusiasmo cívico. Villa-Lobos conduziu o espetáculo, fazendo sinais com suas mãos e dedos que só as crianças entendiam.

O canto orfeônico no Brasil enfraqueceu com a morte de Villa-Lobos em 1959 e foi oficialmente extinto do ensino fundamental com a promulgação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB 4.024/1961), que substituiu o canto orfeônico pela educação opcional de Música.

https://brasildetuhu.com.br/revista/o-canto-orfeonico-e-a-formacao-de-professores/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Canto_Orfe%C3%B4nico

Museu Villa-Lobos. Foto: Flávio Rodrigues/tyba.

Confira mais artigos musicais clicando AQUI.

Share on facebook
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Redes Sociais

Clave Prime Materiais Musicais

Muitas atividades, jogos e recursos musicais esperando por você! Tenha acesso a dezenas de materiais musicais quando e onde quiser. Novos materiais adicionados todos os meses!
TOP 5 da Semana
Nosso Facebook
Inscreva-se

BUSCA